Para conhecer um pouco mais do ECOAR

Dois vídeos que podem ajudar a conhecer um pouco mais sobre o trabalho que o Ecoar desenvolve:

Um mais antigo, de outubro de 2009, mostra uma entrevista com Miriam Duailibi, feita pela repórter Giovana Batistella no quadro “Espaço Perfil” do programa Sentidos, produzido pelo núcleo de TV da Avape, em parceria com o Canal Net Cidade, da operadora de TV a cabo NET.
Miriam fala sobre a fundação do Ecoar, sobre os trabalhos desenvolvidos pelo Instituto, explica o que é sequestro de carbono e diz quais atitudes devemos tomar para adotarmos um modelo de desenvolvimento sustentável e fazer com que a temperatura no planeta se estabilize.

O segundo vídeo é mais recente, de junho de 2011. Exibido no programa Seu Jornal da TVT, o vídeo mostra um pouco do trabalho desenvolvido pelo Ecoar com os catadores da Cooperativa de Reciclagem Chico Mendes. Além da capacitação socioambiental, temas como “união, autonomia e democracia” são abordados no curso. Interessante notar, neste vídeo, durante a entrevista com a catadora Celiane (2:31), os números que aparecem no quadro fixado na parede, informando sobre a quantidade de toneladas recicladas, ano a ano.
Logo em seguida, Miriam é entrevistada e fala sobre os cursos e trabalhos desenvolvidos pelo Ecoar em São Paulo, no Brasil e no exterior (mais de 70 projetos sobre questões socioambientais, climáticas e biodiversidade) e da necessidade de se adotarem políticas públicas de educação e campanhas de massa para orientação sobre o que é reciclagem e como reciclar.

TVT: Você acha que nós estamos ainda a tempo de salvar este nosso querido planeta?

Miriam: Olha, eu espero que sim. Pelo menos, eu vivo acreditando nisso. Isso é o que motiva a gente. É saber que a gente pode fazer alguma coisa e que a gente faz a nossa parte. Embora, nos últimos anos, a situação tenha se agravado muito. Com o aquecimento global e as mudanças climáticas, nós vivemos hoje, pela primeira vez na história da humanidade, nós estamos vivendo uma era de extrema dificuldade com um desafio que eu acho que é o maior que a humanidade já enfrentou. Não tem desafio maior, nós nunca enfrentamos nada tão grave como o (desafio) de vencer esse fio da navalha, ultrapassar esse fio da navalha na qual estamos vivendo, mudando profundamente as nossas práticas e os nossos hábitos para que dê tempo da gente manter a nossa continuidade, de nós podermos continuar a caminhada enquanto espécie, neste planeta, com qualidade de vida.

“As demais espécies produzem resíduos. Mas, na natureza, os resíduos de uma espécie servem de alimento para outras. Nós somos a única espécie que produz lixo. Produzimos coisas que não servem para nada.”

Miriam Duailibi

Nota: A Cooperativa de Reciclagem Chico Mendes está localizada na Rua Cinira Polômio, n.º 369, Bairro Promorar Rio Claro/São Rafael, na Cidade de São Paulo.

Anúncios

Jogando pelo Meio Ambiente

O projeto Jogando pelo Meio Ambiente, fruto da parceria entre a empresa de comunicação Nova Estratégia, o Banco Cruzeiro do Sul e o Sport Club Corinthians Paulista, tem o objetivo de fomentar a responsabilidade socioambiental dos torcedores do time, dos jogadores, dos membros do clube e de todos os colaboradores do Banco Cruzeiro do Sul.

O projeto tem também a missão de promover a cultura de sustentabilidade e responsabilidade socioambiental nas práticas e atividades do Banco Cruzeiro do Sul e do time do Corinthians, de modo que eles sejam reconhecidos como instituições sustentáveis, em consonância com os mais avançados padrões globais e que exerçam suas atividades com responsabilidade socioambiental contribuindo para a melhoria das condições da vida do Planeta.

O Ecoar é responsável por todas as atividades de educação ambiental, cálculos de emissão de gases de efeito estufa (GEE) e plantio estimado de 20 mil árvores.

Conheça as principais atividades do projeto:

• Inventário de emissões de GEE das atividades do Banco e compensação de emissões por meio do plantio de árvores;
• Inventário de emissões de GEE do time do Corinthians referente ao deslocamento do time, inclusive internacional, em dias de jogo e ao consumo de energia elétrica dos estádios onde acontecem os jogos;
• Atividades de Educação Ambiental por meio de Palestras, Seminários e Oficinas;
• Apresentação de diretrizes e indicadores para o fomento a boas práticas e redução de emissões de GEE;
• Atividades de Educomunicação, por meio de mídias sociais;
• Em celebração a esta iniciativa, serão feitos o plantio de 100 árvores a cada jogo do time do Corinthians e mais 100 árvores a cada gol marcado pelo timão.

Saiba mais acesse: www.jogandopelomeioambiente.com.br

Instituto Ecoar para a Cidadania